sentimentos, compras e viagens

Viagem pra Bahia

by

Estive meio ausente esses dias por conta da viagem que fiz pra Bahia. Pra quem não sabe pedi pra saLá era um lugar maravilhoso pra se trabalhar, eu realmente gostava do que fazia, mas infelizmente acho que foi um processo que terminou em minha vida. Por alguma razão não estava mais sendo feliz da maneira como exijo que seja. A felicidade é algo que exijo na minha vida. Preciso dela para que realize todas as etapas  dos meus sonhos de maneira completa. E ultimamente algumas coisas estavam me deixando mais nervosa do que o comum, resolvi abandonar o barco. De cabeça erguida. Não sou dessas que espera ser mandada embora, trabalho, namoro, a vida… exige que saibamos ser felizes e aproveitar cada segundo pra aprender.

 

Quando saí da Klimt a única coisa que sabia é que queria viajar, pensei em Pirinópolis, na Chapada, no Rio de Janeiro, Buenos Aires, mas a vida me levou pra Bahia! Confesso que no começo não estava muito animada. A Bahia era um lugar que definitivamente NUNCA tinha pensado em ir na vida. Sei lá, Salvador era algo taão axé, não me via naquele lugar. Mas resolvi aproveitar, o pacote já estava compro e como não foi exatamente uma viagem planejada eu tentei pensar pelo lado positivo e comecei a ficar curiosa com como tudo seria. Lado positivo, iria ver o mar! E assim foi, o primeiro dia não deu pra aproveitar tanto, chegamos meio tarde no hotel então tudo que fizemos foi comer e aproveitar o hotel! No segundo dia fomos pra uma praia perto, chamada Praia do Farol. Ela era perto do shopping da barra ( tivemos que ir pro shopping comprar pilhas porque esqueci as recarregáveis em casa, dā pra mim). Ela fica tão próxima do hotel (ficamos hospedados em Ondina) que voltamos a pé pra lá. Jantamos em uma pizzaria chamada Cantina Volpi ! MUITO bom e barato, eu até pedi indicações para onde ir para alguns amigos que são de Salvador, mas como não alugamos carro preferimos ouvir ao Four Square ( indico MUUUUITO pra quem vai viajar, todas as dicas dele foram muito útil). No terceiro dia de viagem estava decidida a conhecer o Pelourinho. E ai a viagem fez todo o sentido. Sério, aquele lugar é uma coisa linda de Deus. Sabe tudo isso que aprendermos nos livros de história? É, lá tem tudo.. As igrejas são belíssimas, os prédios e construções antigas, você vê a história do Brasil naquele lugar. Almoçamos por lá, em um restaurante pelo Pelourinho mesmo.  Finalizamos com um sorvete na A Cubana, gosto nem de lembrar! haha Que saudade desse sorvete.  Fiquei morta de cansada, louca pra chegar no hotel, nesse dia nem consegui sair a noite. No último dia, queria ir pra uma praia mais distante, a idéia era ir pra Praia do Forte, mas lá era distante demais. aiueiaeu Acabamos indo pra Praia do Flamengo, linda, e no dia que fomos quase não tinha ninguém, pude aproveitar bastante.

Mas o melhor da viagem pra Salvador não foi só o Pelourinho o mar. Salvador foi o descanso da minha alma. O alivio da minha mente. Foi encontrar coisas em mim que eu mesma tinha esquecido que tinha. Foi passar uma tarde fazendo nada, apenas olhando pro mar. E pensar, pensar, pensar… Por incrível  que pareça as vezes nós não pensamos em nós mesmos. Ficamos taão preocupados com os prazos, clientes, trabalho, chefe, faculdade, roupa pra lavar, que esquecemos o fundamental. Esquecemos o quão importante é avaliar nossos sonhos, as nossas atitudes e onde queremos chegar com a vida.  Escrevi aquele texto sobre como ser bem sucedida e o que é ser bem sucedida e confesso ainda estar buscando e me fazendo as seguintes indagações: “O que a Thalita quer pra vida? O que ela quer da vida?” penso sempre também nas relações que tenho com as pessoas. É que eu tenho um “defeito”de não saber acabar com ciclos da vida. Não sei deixar quem já amei pra trás, mesmo que tenha deixado de amar. Sei lá. Existe em mim algum tipo de gratidão aos momentos que vivi com as pessoas. Mas tenho aprendido que a vida muda, e que temos que mudar com a vida. Deixar pessoas pra trás é tão importante quanto conhecer gente nova. Sempre me senti muito livre pra viver, sou do tipo de pessoa que não tem medo de mudar de cidade ( alias, quero mudar mais vezes) , de ares, de casas, de trabalho. De vida. Embora nunca vou esquecer aqueles que amo e que continuam merecendo esse amor.

3 Comments on Viagem pra Bahia

  1. Cícero
    27/10/2013 at 22:15 (5 anos ago)

    Texto muito bom meu amor, gostei muito. Espero que em algum momento possa te ajudar, te apoiar. Te Amo demais!

    Responder
  2. kariny
    27/10/2013 at 22:22 (5 anos ago)

    Querida, vc é uma pessoa que eu tenho um carinho muito especial. Quando leio algo que escreve, passa um filme na minha cabeca pois sei o quanto e verdadeiro tudo que sai de vc. Realmente vc espera muito da vida e sabe que ela pode te dar tudo que vc quer e sao pessoas assim que gosto.. cheias de vida.. cheias de amor pra dar.. cheias de querer fazer historias e ao senti-las, nos contar. A-do-ro.

    Responder
    • thalitaroxane
      27/10/2013 at 22:29 (5 anos ago)

      Que gracinha Kariny! Muito obrigada pelas palavras, você também é suuuper querida. Fico feliz de saber que tá lendo o blog. Eu gosto de dividira as coisas que a vida me ensina com pessoas que gosto.

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *