sentimentos, compras e viagens

Ser bem sucedida

by

Esses dias tem sido vazios. Vazios de forma positiva. Tenho pensado muito sobre a minha vida, tenho tentado encontrar um ponto de equilíbrio e  tenho até procurado passar esse significado pro blog. Afinal ele é reflexo do que sou. Recentemente atualizei o layout, mais uma vez. Meu blog deixou de ser um blog pra se transformar em uma página sobre mim. Onde eu me mostro pro mundo. Onde deixo tudo que me alegra e aflige. Então resolvi pensar um pouco sobre o período que me encontro na vida. Estou com 22 anos, quase 23. Me formo esse ano, me considero uma profissional muito bem resolvida. Ainda tenho MUUUUITO o que aprender, não só no meu lado profissional como no meu lado pessoal. Não acho que tenha separação entre os dois. Afinal, ser atendimento não é algo que dê pra “tirar o crachá” depois das 18h. Ainda mais quando você fala de metas, de prazos e principalmente de objetivos. É uma prática que  exige MUITO de você, exige paciência, exige entender o próximo e saber o lugar pra cada coisa. Ser atendimento é saber engolir MUUUITO sapo, coisa que ainda tenho mesmo que aprender. É saber falar, se comunicar. É saber ser clara, objetiva, direta e não pode ser grossa, rude. É aguentar uma agencia inteira nas costas, é pensar em cade detalhe da orquestra, e não se “estressar” e é sair da agencia, ser meiga com o namorado, paciente com o coleguinha da faculdade e magra. Enfim, concluí que a minha busca de vida tem sido ser uma mulher bem sucedida. Mas pra isso quis primeiro tentar entender, o que é ser uma mulher bem sucedida? Fiz uma pesquisa rápida no google sobre o que ele “diz” sobre isso. E achei “engraçado” o conceito que a sociedade nos trás. Ser sucedida pro google é algo bem ilustrado por essa imagem: Captura de Tela 2013-10-21 às 00.25.27

“Ser bem sucedido” é algo que está intimamente ligado a usar “terninho” preto. Brincadeiras a parte .  Notei que ser bem sucedida no google não parece muito com a imagem que eu tinha. Embora tenha terninho preto também. Vamos por parte, vou mostrar pra vocês como me vejo “bem sucedida”. Antes de tudo me vejo bonita, sim, por mais fútil que isso possa ser a minha imagem de bem sucedida começa com uma vida saudável, magra, onde eu pratique esportes, corra, ande de bicicleta, dance e faça estrelinha ( isso de estrelinha tem a ver com um trauma infantil – eu nunca consegui dar estrelinha). Eu teria mais umas 3 tatuagens espalhadas pelo corpo ( no google não mostra isso, né?), teria roupas bonitas, modernas, onde eventualmente apareceriam essas tatuagens. Não no trabalho, claro.  Por falar em trabalho, ele seria intenso, como é hoje em dia, só que eu teria mais tempo pra viver, pra tomar um café com calma, comprar coisas em dias da semana, ir ao banco sem me preocupar com o tempo, levar as crianças na escola. É, no meu ideal de mulher bem sucedida apareceriam um ou dois filhos, uma casa bonita, bem decorada e um cachorro fofo. Ser bem sucedida pra mim é ir na missa, é ajudar ao próximo. É ser completa não só ter um bom trabalho e desenvolve-lo de forma competente. E aí tá o desafio. E digo mais, acho que todas as meninas, todas… de 10 aos +100 deviam se preparar pra serem mulheres bem sucedidas, não da forma como o google diz ( que na verdade só ilustra o que a sociedade pensa) , mas como elas sonham em ser. Talvez sem terninho preto, talvez sem filhos, sem cachorro… mas com um ideal em comum, se sentir completa.

4 Comments on Ser bem sucedida

  1. Cícero
    21/10/2013 at 00:27 (5 anos ago)

    Minha linda ser bem sucedida é ser feliz, buscar o que tem em nossos corações e fazer aquilo que ele mostra pra gente que é o certo. Independente de qualquer coisa sempre estarei ao seu lado, para te apoiar no que for preciso. Te Amo!

    Responder
    • thalitaroxane
      21/10/2013 at 00:34 (5 anos ago)

      Obrigada, meu amor! Sei que posso contar com você sempre.

      Responder
  2. Nady
    21/10/2013 at 09:54 (5 anos ago)

    Everybody loves Rox Roll! Adorei o texto, menina linda!

    Responder
    • thalitaroxane
      21/10/2013 at 10:21 (5 anos ago)

      Muito obrigada, Nady! =)

      Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *