sentimentos, compras e viagens

Archive of ‘Vida’ category

Medo

by

Ok, vamos lá! Já tem um tempo que não vejo aqui, o tempo não ta me permitindo, mas agora não tá dando. Eu tive que parar a vida um pouco, tive que pegar um tempo pra organizar o que tá acontecendo.

Estou com medo.
Muito.

E não consigo dizer o que é. Ando com coração acelerado, na verdade meu coração não está no meu peito. Eu acabei tirando ele de mim, entregando e sinto que não devia ter o feito. Sinto um vazio, no lugar do coração não tem nada, mas as minhas veias estão bombardeando todo meu sangue pra lá. Meu corpo está em colapso, tem sangue vazando por todos os lados. E ao mesmo tempo uma voz sussura no meu ouvido : “Calma, ta tudo bem”. Eu preciso respirar. Eu preciso parar de correr, eu preciso deitar na minha cama, beber muito, olhar pro teto, ouvir uma música que cante as dores que estão na minha alma, e algumas outras que cante alguma dor que eu ainda não conheço. Estou insanguentada, eu preciso de um banho a luz de velas, eu preciso me levar pra jantar, preciso me comprar um anel. Preciso colocar as duas mãos no meu próprio rosto, olhar pro fundo dos meus olhos e dizer  ” Calma, ta tudo bem”. Eu to perdida de mim, eu me entreguei muito pra você. Eu conto os dias, as horas, os minutos , os seguindos. Você é o que eu sempre pedi, você cuida, gosta, você é doce, é inteligente, é sério, é bravo, você se esforça tanto pra me fazer feliz, você deixa eu cuidar de você. Você parece que tá sentindo essa loucura toda comigo.

Suas mãos estão na minha. Eu durmo, você ta do meu lado. Eu acordo, você ta do meu lado. Podemos falar sobre coisas sérias, sobre bobeiras, sobre trabalho e sobre essa loucura que tá acontecendo.

Mas eu to com medo.

Como você consegue? Como consegue respirar normalmente, seu coração ainda ta no seu peito? Moça… moça… moça… essas palavras, com seu tom de voz… elas ecoam no vazio que ta o meu peito. Eu fico tonta só de pensar.

Eu não entendo nada, ninguém entende nada.
Você parece que entende.

Eu sinto como se estivesse correndo por ai, sabendo que eu te procurava, mas ocupada demais pra notar que você estava em algum lugar. Daí você esbarrou em mim, eu não consegui ver direito, você viu algo, não sei bem o que foi… ficou me seguindo, e por algum momento, por alguma razão eu coloquei meus olhos em você. E não consigo mais tirar.

Eu me vejo na sua frente, perplexa, assustada, boqueaberta. Com coração pegando fogo, com a alma gelada e pensando:

 

Não acredito que você apareceu.

Calma

by

Ando acelerada, como se estivesse atrasada. Como se a vida estivesse errada e eu não conseguisse me ajustar.  Ao mesmo tempo , esperança. Esperança que tudo vai se alinhar, de que as dores vão passar e a certeza que sairei mais forte disso tudo.

Eu quis isso, eu atraí isso.

Liberdade, medo, força.

1 2 3 34