sentimentos, compras e viagens

Archive of ‘Uncategorized’ category

Em um relacionamento…

by

relacionamentoQuando vejo uma pessoa se orgulhar de estar entrando em relacionamento sério, me dá dó. Já penso que desistiu de ser alegre para ser triste. Que amarrou o que lhe restou de sentimento no toquinho de uma só pessoa e está informando ao resto do planeta que agora ela está presa a esta decisão. E também sinalizando para essa outra pessoa, onde ela se amarrou a o seu toquinho, que, dali pra frente essa pessoa vai viver só pra ela. Seu sorriso será só dela, seu olhar só pra ela, seu amor e até o ar que respira tem que ser só pra ela. Dá- me dó e angustia-me, só imaginar. Nem me imagino ter que viver tão seriamente. 

Gente assim tinha que conhecer relacionamentos alegres. Aqueles que envolvem outras pessoas tais como amigos, familiares, colegas de vários setores da vida de cada um. Pois todos os temos. Afinal o poeta já cantava: “É melhor ser alegre que ser triste”, no caso, sério. Relacionamentos alegres duram mais que os sérios, pois mais pessoas são envolvidas neles e a corrente de felicidade gerada se torna uma energia positiva difícil de destruir. O que se tem a pensar de relacionamento sério é aquela coisa pesada cheia de cobranças e regras egoístas que vão sufocando os envolvidos. A tal ponto de serem necessários outros sentimentos que não o amor. Ai começam a entrarem em campo os ciúmes, a desconfiança, a cobrança excessiva e conseqüentemente o desentendimento. Sabe no que isso vai resultar? Nas chorumelas, nas crises existenciais, num vazio e numa baixa estima tamanha que leva a pessoa a postar sua vida nas redes sociais, como se isso fosse lhe resolver o problema. Problema que ela mesma criou pra si. No relacionamento alegre as coisas são mais leves, mais compartilhadas, com menos cobrança e menos expectativas com relação a pessoa amada. Menos prisão e mais liberdade, que é tudo que o amor precisa para viver. Portanto pense bem em que tipo de relacionamento você quer entrar: se num sério ou em um alegre. Afinal; É melhor ser alegre que ser triste.

Texto do meu amado pai, João Alberto Santos Sobrinho.

1 2 3 47