sentimentos, compras e viagens

Archive of ‘Ensinamentos da Thalita’ category

2017

by


 

Mais um ano acabou!  Cada vez mais vou me dando conta da velocidade que as coisas passam. O ano de 2017 foi o ano do planeta de Saturno, segundo a astrologia, é o ano de deixar as coisas que te afundam e te fazem mal, no passado.

Foi um ano de muitas lágrimas e com isso muuuuitos aprendizados. Eu foquei nas coisas que realmente importavam e saí da cama, fui pro mundo. Voltei pro mercado de trabalho e plantei várias coisas pra essa ano que começa.

Comprei muitas coisas que queria e hoje a minha wishlist é quase zerada. Não ajudei as pessoas, não li muitos livros , não emagreci 65kg, não vi as minhas amigas, quase não visitei meus sobrinhos, não publiquei muitos textos aqui, mas fui muito feliz. Sofri, aprendi e sinto que estou pronta pra todas as coisas maravilhosas que 2018 vai trazer. Agora em janeiro vou fazer a minha cirurgia e em abril tenho uma viagem LINDA a ser feita.

Obrigada Deus, por mais um ano vivido. Obrigada por toodas as dortes que senti e por todas as vezes que aprendi a lidar com elas.

Tchau 2017,  muito obrigada por tudo.

5 conselhos que gostaria de me dar

by
  1. Não perca paciência com pequenas coisas. Eu poderia dizer que as grande maioria das vezes não vale a pena, mas a real é que NUNCA vale a pena se estressar por nada. A única pessoal que irá se prejudicar é você mesma, então em todas as situaçōes: mantenha a calma.
  2.  Não julgue as pessoas.
    Esse talvez seja o conselho mais difícil, as vezes sinto como se o julgamento fosse algo que pertence a raça humana, funciona quase como um instinto de sobrevivência, você julga pra se proteger. Mas não é legal. Foda-se se alguém usa coque samurai, sandália gladiadora ou seja lá, alguém tem uma atitude que você considera trouxa… deixa as pessoas. Isso não acrescenta nada na sua vida, nem na vida de ninguém. Todo mundo erra e todo mundo tem direito de fazer suas próprias escolhas. Não gosta? ÓTIMO… é só não usar/fazer.
  3. Tenha sororidade.Apesar de saber que sempre fui muito feminista e que nunca fui de julgar mulheres pela quantidade de parceiros que elas tinham, ou insinuar qualquer coisa com sua postura sexual, sei que tenho algumas falhas, mas que tenho tentado me policiar… Principalmente a respeito da maternidade, não sou mãe, não tenho a mínima ideia dos desafios da maternidade e já julguei mentalmente algumas mães e graças a Deus tenho aprendido a ter sororiedade com elas. Estamos todas juntas, não é legal apontar o dedo pra ninguém.
  4. Não postergar.
    Infelizmente existem coisas na vida que : TEM QUE SER FEITAS. E quanto mais você (no caso eu) adiar, pior vai ficar. Geralmente quando eu adio fica mais caro, mais difícil e no fim das coisas eram coisas que tinham que ser feitas. Não aditantou nada deixar pra depois, então quando tem algo pra ser feito : JUST DO IT!
  5. Ter paciência.
    Quando percebo que sei da importância da paciência vejo que estou ficando velha! KKK sério, eu sempre fui MUITO imediatista, e ainda sou um bocado, e naão adianta. Vamos evitar sofrimento? Espere, faça o que tem que ser feito e espere. Vai dar certo.

E ai? Quais conselhos você constuma dar pra se mesma?

 

1 2 3 28