sentimentos, compras e viagens

Archive of ‘Ensinamentos da Thalita’ category

Felicidades da Vida

by

As vezes me bate uma de “eu não tenho a menor ideia do que estou fazendo da minha vida.” E ai gosto de lembrar das coisas que mais me movem, as minhas maiores vontades, sonhos e aspirações.

1. Ser uma boa profissional.

Acho que uma das coisas que mais me fazem feliz é perceber que estou fazendo meu trabalho direito. Graças a Deus tenho a sorte de ter o emprego que eu queria, fazer o que eu gosto com pessoas que eu gosto. Claro que preciso melhorar muito, quero um pós, um MBA, alguns cursos, outras experiências, mas por hora estou exatamente onde deveria.

2. Estar com minha família.

Meu ascendente em câncer fala mais alto quando o assunto é família. Sou apaixonada pelos meus. Saber deles, falar com eles, dar presente , vê-los felizes são coisas que realmente dão muito sentido na minha vida. Quando lembro do amor que tenho pelos meus sobrinhos, irmãos e pelos meus pais, muita coisa faz mais sentido.

3. Planejar Viagens

E eu nem tô falando da viagem em si, que é CLARO que eu gosto. Mas planejar viagens, sonhar, aspirar coisas pra fazer, pensar nos detalhes realmente é algo que eu aprecio. Passar horas nos sites de hotéis de de passagens, quem nunca, né?

4. Fotografar

Na verdade não sei se gosto mais de tirar fotos ou de fotografias em si, sou apaixonada por recordações, sou altamente nostálgica e ter uma coleção de momentos registrados é algo que eu aprecio MUITO. Tanto que eu quase nunca estou nas fotos, porque sempre as tiro.
Gosto de fotografias conceituais e as do dia-a-dia. Registrar momentos é algo que me deixa  muito feliz.

5. Comprar

Ahhh poucas coisas me deixam mais feliz que gastar dinheiro! Os econômicos que me perdoem, mas dinheiro foi feito pra gastar. Especialmente em lojas de decoração, papelaria, roupas, maquiagem… Só de pensar já fico com um sorrisão no rosto.

 

O que aprendi decorando minha casa.

by

O texto de hoje é pra dar algumas dicas que coisas que aprendi nesses alguns anos de dona de casa. Falar de alguns erros que cometi e outros acertos de idéias que tive.  Mas começando pela regra mais importante:

1. Suas experiências , seu guia!

Todo mundo tem opniões pra dar e no quesito moradia não é diferente. Apesar de ter criado esse post pra dar as minhas não significa que nada disso sejam regras. São apenas experiências que vivi e resolvi compartilhar com quem estiver passando por essa fase deliciosa da vida que é decorar uma casa.

2. Não se ligue a tendências de moda,  elas mudam.

Sabe aqueles móveis que todas as mães/tias/avós tinham nos anos 90? Acredite  eles foram escolhidos porque era moda na época delas. Então ter uma casa toda trabalhada no estilo escandinavo e se achar super moderna e descola hoje pode significar ter uma casa fora de moda em alguns anos. E acredite você não irá trocar seus móveis com a mesma frequência que gostaria, então não ligue pra moda, escolha o que tem a ver com a sua personalidade e a personalidade de quem mora na casa. Isso nunca sairá de moda.

3. Gaste sem dó! 

 

Ok? Todo mundo sabe que quando o assunto é dinheiro a minha dica NUNCA é “economize”, mas dessa vez é por um bom motivo. JURO! Imagine que o sofá que você queira seja R$3000 e que um que atenda suas necessidades seja R$1.000. Pensando a curto prazo é uma diferença boa, mas imagine que esse de R$1.000 não será o que combinará com o restante da sua casa, ou com você ou  que não seja a opção mais confortável. Você conviverá um bom tempo com esses móveis, pague mais , mas escolha o que você sempre sonhou.

4. Não abuse de móveis com cores fortes!

Peguei o amarelo como exemplo por ter comprado um rack amarelo LINDO! Na época eu era apaixonada por ele, mas depois de 3 anos olhando todo santo dia confesso que enjoei. Além de me limitar com os outros móveis. Tudo que compro tem que ser pensando nele, não da pra colocar nada de cor mais forte porque o amarelo dele toma conta da minhas sala inteira. Aliás, se você notar na minha wishlist já tenho um móvel branco pra substituí-lo. Não é que ele seja feio, ainda é lindo, mas enjoa e limita muito na decoração. Quer uma casa colorida? Deixe pros detalhes, um porta retrato, almofadas, tapetes ou coisas que você pode trocar sempre.

5. Tenha uma paleta de cores.

Pense em mais ou menos como gostaria que fossem as cores da sua casa. Isso ajuda muito na hora de escolher o que comprar pra colocar nela. Use e abuse de sites com referências, o Pinterest por exemplo… crie pastas com os estilos que mais te agradam e veja os detalhes que se repetem com frequência, você precisa de um planejamento antes de sair comprando tudo.

 

Essas foram só algumas dicas, espero que tenham te ajudado. Montar uma casa é um processo muito gostoso e é normal sentir dúvidas. As vezes olho minha casa e tenho vontade de mudar algumas coisas,  fico com medo de não ter conseguido me expressar nos objetos que escolhi, mas quando minhas visitas falam “Thalita, sua casa é sua cara” fico muito feliz. Sinto que realizei minha missão. Em breve farei um post sobre um dos meus assuntos favoritos : organização.

 

 

1 2 3 27